Resumo do Amor

Mensagens de amor Lindas para enviar para o namorado(a),

O menino que descobriu o vento e transformou vidas

Não podemos controlar as forças da natureza, mas podemos usá-las ao nosso favor. Prova disso é a emocionante história de William Kamkwamba que, aos treze anos, precisou abandonar os estudos, pois a seca assolou sua comunidade e propagou a miséria. Determinado a aprender, o menino dedicou-se aos livros em busca de uma resposta que mudasse os ventos do seu destino.

A história do menino que descobriu o vento e revigorou os ares da sua comunidade

Um dia, William leu a obra “Using Energy” e compreendeu o funcionamento dos moinhos de água. Então, ele começou a juntar sucatas: metais, canos de plásticos e pedaços de bicicleta. As pessoas zombavam e diziam que essa atitude era loucura. Mas ele continuou e, em dois meses, o moinho ficou pronto, gerando energia renovável para toda a comunidade.

O livro

Objetiva

Em 2009, após sucesso na blogosfera, a história do menino que descobriu o vento conquistou o mundo em uma autobiografia. No livro, William conta como transformou o seu sonho em realidade, participou do TED Global (instituição que divulga novas ideias), ganhou uma bolsa de estudo e foi considerado uma das trinta pessoas, com menos de trinta anos, que mais mudaram o mundo.

O filme na Netflix

https://youtube.com/watch?v=OBprnlpM744%3Fstart%3D3%26feature%3Doembed

Dez anos após o lançamento do livro, a Netflix transformou a história de William em um filme inspirador, dirigido por Chiwetel Ejiofor. O cenário é o Maláui, abatido pela seca e pela fome. O enredo acompanha a jornada do menino e o processo de construção da turbina eólica, com cenas emocionantes que mostram a força do trabalho coletivo.

William mostrou ao mundo a importância de refletir sobre os problemas ambientais e como pequenas ações geram grandes resultados. Para ficar ainda mais inspirado, conheça a história de crianças africanas que receberam água limpa pela 1º vez e entenda como realmente precisamos cuidar do nosso planeta!